Paulo Francis e Petrobrás

Paulo Francis na década da 90 denunciou inúmeras falcatruas da Petrobrás. Foi linchado juridicamente pelos diretores de então. Os processos que sofreu, com certeza contribuíram para o seu bem estar físico, culminando com um enfarto, que o levou a. morte.  E ele, agora está provado, estava certo. Os vilões continuaram.

A Petrobrás, nos seus 60 anos, deve ter sido vítima de inúmeros golpes. Evidentemente que isto não a impediu, por seu empregados competentes, fazer dela uma bela empresa.

Agora está aí. A grande sujeira aparece aos poucos. Se a classe política, vergonha tivesse, deveria passar isto a limpo. Se passado a limpo, creio que o governo de plantão cairia. Talvez daí, um novo bom começo. Não seria má ideia e o petróleo voltaria a ser nosso, ideia acalentada por Monteiro Lobato.

Pobre Brasil.

JULIO BRANDÃO